quarta-feira, 6 de julho de 2011

Letícia. Um espirito que me desejava.- parte Final

Letícia se aproximou de mim.
- Você me ama não é mesmo!
- Desde que te vi na foto !
- Eu estou morta a quinze anos. Quando eu morri você era uma criança. Eu me lembro. Você brincava com os seus amigos no jardim do cemitério  quando o meu caixão passou com o meu corpo para ser  sepultada. Eu chorava por ter morrido, mas ao te ver eu soube que a sua alma, um dia se encontraria com a minha.
- Você me ama então!
- Sim!
- Eu também te amo e não sei desde  quando.
- Desde  agora e por quanto levarmos esse amor.
- Nos temos outras vidas! Nos encontramos em outras vidas!
- Não sei, durante esse tempo morto que fiquei te esperando eu somente pensei em você. Agora podemos descobrir se houve outras vidas em nossas vidas ou se vamos começar uma série de vida de agora em diante. Você aceita?
- Eu não conseguiria achar outra vida em minha vida sem você!
Então ela se aproximou e eu deixei. Ela entrou em mim e eu entrei em Letícia. E como um luz intensa e forte o sentimento mais lindo que já experimentei me tomou e a ela. Nos entregamos ao novo mundo.
- Espere o que estão fazendo- Eu perguntei.
- É o seu corpo estão sepultando. Agora estamos juntos.
Eu morri, mas estava vivo ao lado dela. E antes de partimos para a vida que nos tínhamos pela nossa frente, eu resolvi psicografar essa minha experiência e dizer a todos que o amor existe e é .....celestial.......